Retalhos Microcirúrgicos

A reconstrução com Retalhos Microcirúrgicos consiste na retirada minuciosa de tecido de outra parte do corpo do paciente e da conexão desse material à área afetada pelo trauma ou tumor. Estes procedimentos são realizados com anestesia geral e requerem o uso de instrumentos de amplificação, como microscópios ou lentes de magnificação, além de pinças delicadas. A reconstrução microcirúrgica pode ser realizada na mesma cirurgia de retirada do tumor ou em um segundo momento. 

Indicação

A utilização de Retalhos Microcirúrgicos, também conhecida como Transplante Autólogo Microvascularizado, é o procedimento de escolha na reconstrução de grandes perdas teciduais. Nela, é possível fazer a reconexão precisa de artérias, veias e nervos em situações como:

  • Grandes traumas ou regiões afetadas por doença;
  • Queimaduras extensas; 
  • Escaras em acamados, 
  • Defeitos extensos em pacientes submetidos à retirada cirúrgica de tumores;
  • Pacientes que já passaram por radioterapia para tratamento de câncer em determinada região. 

Pré e Pós-operatório

Nas consultas pré-operatórias, são solicitados exames específicos para avaliação do estado de saúde dos pacientes.

Os pacientes submetidos à reconstrução microcirúrgica normalmente passam, pelo menos, 24 horas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nessa unidade o paciente é monitorizado de forma contínua e a área operada é regularmente avaliada. Caso as conexões realizadas durante a cirurgia (artérias, veias e nervos) não estiverem funcionando de forma adequada, uma nova intervenção cirúrgica para correção poderá ser realizada.

No geral, o tempo de internação de pacientes com implantes bem sucedidos é em torno de uma semana. Esse período pode variar dependendo da evolução do paciente.

Conheça a equipe NICAP

Dr. Acklei Viana

CRM/SC 11656 e RQE 11538

Saiba Mais

Dr. Jalmir Rogério Aust

CRM/SC 7126 e RQE 7630

Saiba Mais

Dr. Rafael Nunes Goulart

CRM/SC 15664 e RQE 12369

Saiba Mais